Madrid numa Avenida de Lisboa

Freguesia do Areeiro (Foto: Artur Matos)

Freguesia do Areeiro
(Foto: Artur Matos)

Na década de 40 do século XX, passadas que estavam a Exposição dos Centenários, em Belém e, a 2ª Guerra Mundial que trouxe muitos estrangeiros à capital, a Câmara Municipal de Lisboa procurou imprimir algum cosmopolitismo à cidade atribuindo-lhe topónimos de cidades estrangeiras e de personalidades de cariz internacional.

E foi assim que Madrid deu nome a uma avenida de Lisboa, antes conhecida como Rua C dos arruamentos da zona compreendida entre a Alameda Dom Afonso Henriques e a Linha Férrea de Cintura, pelo Edital de 29 de julho de 1948, junto com Paris e Rio de Janeiro em Avenidas e, Londres numa Praça. O mesmo Edital colocou na mesma zona da cidade os cientistas europeus Pasteur, Marconi e o inventor americano Edison, bem como os escritores Cervantes, Vítor Hugo e os brasileiros Afrânio Peixoto e João do Rio. Foi ainda fixado o nome de João XXI numa Avenida, o único papa português e, como tal, uma figura portuguesa de relevo internacional.

Freguesia do Areeiro (Foto: Artur Matos)

Freguesia do Areeiro
(Foto: Artur Matos)

Anúncios

4 thoughts on “Madrid numa Avenida de Lisboa

  1. Pingback: O inventor da pasteurização na Praça Pasteur, no Areeiro | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: A Rua Cervantes e o Autoparque Madrid | Toponímia de Lisboa

  3. Pingback: O camoniano Afrânio Peixoto numa Praça alfacinha | Toponímia de Lisboa

  4. Pingback: Roteiro ibero-americano da toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s