O Arco Escuro

Freguesia da Sé – futura Freguesia de Santa Maria Maior

Após a conquista de Lisboa aos mouros em 1147 as Portas medievais da Cerca Moura tornaram-se Arcos, já que a finalidade militar de defesa das primeiras deixou de ter utilidade e o espaço urbano se abriu.

Este Arco seria o antigo postigo da Rua das Canastras, aberto na muralha depois da reconquista, segundo alguns autores, mas para outros, seria o lugar da Porta do Mar, por onde entrava o mar aquando da maré-cheia. Norberto Araújo identifica o Arco Escuro com a Porta do Mar avançando que «Porta do Mar (erradamente dita a Antiga), depois Postigo da Rua das Canastras, que sendo antiquíssima tudo leva a crer não fosse, militarmente, do tempo mouro; situava-se onde é hoje o Arco Escuro, na Rua dos Bacalhoeiros.»

Do final deste arruamento nasce o Beco do Arco Escuro que fora o Beco do Jardim mas que o Edital do Governador Civil de 1 de Setembro de 1859 quis associar à proximidade ao Arco Escuro.

Anúncios

3 thoughts on “O Arco Escuro

  1. Pingback: Os Becos ou Vielas de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Os Arcos oficiais de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  3. Pingback: Ruas com Arcos | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s