O neurologista António Flores na Cidade Universitária

PENTAX Image

Freguesia de Alvalade                                                                                                     (Foto: José Carlos Batista)

Passa hoje o 130º aniversário do Prof. António Flores, neurologista e psiquiatra que além de professor na Faculdade de Medicina foi também seu director de 1944 a 1947.

A rua lisboeta que lhe é dedicada, em plena Cidade Universitária, liga a Avenida Prof. Aníbal de Bettencourt à Alameda da Universidade e, nasceu de uma proposta de dois membros da Comissão Municipal de Toponímia, António Valdemar e Appio Sottomayor, que se concretizou pelo Edital de 23 de Setembro de 2008.

António José Pereira Flores (Lisboa/03.01.1883 – 13.12.1957/Lisboa), licenciado pela Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa (1906), especializou-se em Paris e Berlim e ao regressar em 1911, tornou-se nesse mesmo ano docente da cadeira de Neurologia. Ainda na Faculdade de Medicina de Lisboa, leccionou Semiologia do Sistema Nervoso (1928) e Psiquiatria (1941). Foi também Director desta Faculdade a partir de 1944 mas, na sequência de uma carga policial demitiu-se em 31 de maio de 1947.

Este catedrático foi também secretário da Associação dos Médicos Portugueses (1912), presidente da Comissão Instaladora e Administrativa do Hospital e da Direcção Médica do Hospital Júlio de Matos (1939 – 1941), bastonário da Ordem dos Médicos (de 1940 a 1943), director do Hospital Miguel Bombarda (desde 1941), presidente da Sociedade de Reumatologia e da Direcção do Centro de Estudos Egas Moniz (1957) e, ainda o 1º Presidente da Sociedade Portuguesa de Neurologia e Psiquiatria.

Refira-se ainda que enquanto neurologista do Corpo Expedicionário Português em França, no decorrer da I Guerra, recebeu louvores em 1917/18 e a Medalha de Prata de Bons Serviços em campanha (1919). António Flores está também homenageado no Hospital Júlio de Matos, já que o Centro de Alcoologia de Lisboa tem o seu nome.

Freguesia de Alvalade (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Alvalade
(Planta: Sérgio Dias)

2 thoughts on “O neurologista António Flores na Cidade Universitária

  1. Pingback: A Alameda da Universidade | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Professores na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Os comentários estão fechados.