Os 130 anos da Rua Dom Pedro V

nas Freguesias da Encarnação, de Santa Catarina e de S. José - nas futuras Freguesias   da Misericórida e de Santo António

Freguesias  da Misericórdia e de Santo António

A edilidade lisboeta presidida por Rosa Araújo atribuiu a Rua Dom Pedro V, por Edital de 17 de novembro de 1883, à Rua do Moinho de Vento que havia sido alargada em 1880 e, que antes ainda era um troço da Estrada da Cotovia, a velha estrada de acesso à cidade medieval.

O topónimo foi dado originalmente como Rua de D. Pedro V mas, por parecer da Comissão Municipal de Toponímia na sua reunião de 16/12/1946 e homologado pelo Presidente da CML em 20/12/1946, foi suprimida a partícula “de”.

O homenageado é o monarca D. Pedro V , de seu nome completo Pedro de Alcântara Maria Fernando Miguel Rafael Gonzaga Xavier João António Leopoldo Victor Francisco de Assis Júlio Amélio de Saxe-Coburgo-Gotha e Bragança (Lisboa/16.09.1837 – 11.11.1861/Lisboa), filho de D. Maria II e D. Fernando II, rei de Portugal a partir de 1855 e casado com D. Estefânia em 1858. Tornou-se popular pela assistência às vítimas de cólera-morbo (1855-57) bem como por ter iniciado a construção do Hospital pediátrico D. Estefânia em 1860, para cumprir o desejo da sua esposa falecida no ano anterior. D. Pedro V, nos seus 24 anos de vida e 6 de reinado, distinguiu-se também pela abolição dos castigos corporais e da escravatura, pela abolição da etiqueta palaciana do beija-mão, pela criação do Curso Superior de Letras (1859) e do primeiro observatório astronómico (1861) na Tapada de Alcântara, bem como por ter inaugurado o caminho-de-ferro (1856), o telégrafo (1855) e a I Exposição Industrial Portuguesa.

Rua Dom Pedro V placa

Anúncios

10 thoughts on “Os 130 anos da Rua Dom Pedro V

  1. Pingback: Numa rua de Arroios está Pascoal de Melo que divulgou ideias de Beccaria | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Da Praça da Alegria à Praça do Suplício | Toponímia de Lisboa

  3. Pingback: Pena de Morte e Direitos Humanos na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  4. Pingback: Os Pátios da toponímia oficial de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  5. Pingback: A Rua da Academia das Ciências | Toponímia de Lisboa

  6. Pingback: A Travessa Possidónio da Silva nascida de um caso de polícia | Toponímia de Lisboa

  7. Pingback: Ruas com Arcos | Toponímia de Lisboa

  8. Pingback: A aldeia do Alto do Longo do Bairro Alto | Toponímia de Lisboa

  9. Pingback: Os Altos das 7 colinas de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  10. Pingback: A Rua Garrett e o Chiado | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s