No 140º aniversário de Santos, a rua deste pioneiro da Aviação

na Freguesia de Nossa Senhora de Fátima – na futura Freguesia das Avenidas Novas

Freguesia das Avenidas Novas                                                      (Foto: Sérgio Dias)

Amanhã completa-se o 140º aniversário de Santos Dumont, pioneiro da Aviação que a edilidade lisboeta consagrou na sua toponímia, pelo Edital de 2 de abril de 1923: «resolveu que à rua em construção que é hoje designada por ‘Rua A’, situada ao norte e paralela à Avenida de Berne e entre o prolongamento da Avenida António Augusto de Aguiar e a Azinhaga das Freiras, seja dada a denominação de ‘Avenida Santos Dumont’, insigne brasileiro precursor da aviação».

Santos Dumont passou em Lisboa a 30 de março de 1923, razão para ter sido aprovado por unanimidade na sessão de câmara de 23 de março a proposta de atribuição do seu nome como topónimo, apresentada pelo vereador João Esteves Ribeiro da Silva.

Refere-se a Alberto Santos Dumont (Minas Gerais/20.07.1873-23.07.1932/São Paulo), pioneiro da aviação, da aerostação e da aeronáutica, que desenvolveu toda esta actividade em Paris, onde vivia desde os 18 anos e, onde começou pelas corridas de automóveis. Fez a sua 1ª elevação no ar com um aeróstato em 1897 e, nos anos seguintes conseguiu descolar do Bosque de Bolonha com «Le Petit Santos», o seu dirigível.  Em 1902 tentou 2 vezes voar do Parc de la Aerostation até à Torre Eiffel e, também ficou conhecido por usar o seu dirigível como automóvel, atracando nos restaurantes dos Campos Elísios ou nas casas dos amigos. Em 1904 publicou Dans l’air. Em 23 de outubro de 1906 voou cerca de 60 metros no Campo de Bagatelle com o seu «Oiseau de Proie» e, logo a 12 de novembro, percorreu 22o metros com o seu «Oiseau de Proie III». No período de 1898 a 1909, Santos Dumont foi o 1º em voos homologados de piloto, tanto em balão livre como em  dirigível e, em avião biplano e monoplano. Em 1909 conseguiu atingir os 77 km por hora num aeroplano e, em 1910, construiu ele próprio o «Demoiselle», o 1º avião ligeiro do mundo e o único verdadeiramente eficiente. É depois que dá a sua carreira como encerrada, regressando ao Brasil em 1915. Três anos depois publica O que eu vi e o que nós vemos e aos 59 anos, suicida-se.

Placa Tipo IV

Freguesia das Avenidas Novas – Placa Tipo IV (Foto: Sérgio Dias)

One thought on “No 140º aniversário de Santos, a rua deste pioneiro da Aviação

  1. Pingback: A Rua do vereador republicano Tomás Cabreira | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s