Da Quinta do capitão à Travessa do Machado

Freguesia da Ajuda

Freguesia da Ajuda

A Travessa do Machado que começa e termina na Rua do Machado, na freguesia da Ajuda, guarda a memória da Quinta que ali existia nos fins do séc. XVIII e se estendia até ao Alto das Pulgas, propriedade do capitão Manuel Rodrigues Machado, que prestava serviço na Casa Real, conforme esclarece Luís Pastor de Macedo  na sua «Lisboa de Lés a Lés».

Esta Travessa do Machado faz parte de um conjunto de 55 topónimos nascidos da deliberação camarária de 21/09/1916 e do consequente edital de 26/09/1916, a partir de um pedido da Junta de Freguesia da Ajuda. O Edital refere que estes topónimos  resultam do facto de «tendo em consideração o justo pedido da Junta de freguesia da Ajuda, sobre a nomenclatura das ruas da mesma freguesia e que não existe no arquivo municipal documento algum pelo qual se possa certificar a data da denominação das referidas vias públicas, que pertenceram ao extinto Concelho de Belém, visto que quando da sua anexação ao de Lisboa não foi entregue a escrituração comprovativa das deliberações referentes a essa nomenclatura, deliberou que as seguintes vias públicas da mencionada freguesia sejam designadas pela forma abaixo indicada (…)».

Refira-se que na Freguesia de Carnide também existe uma  Travessa e uma Rua do Machado, atribuídas por deliberação camarária de 10/07/1919  e edital de 19/07/1919, cuja origem também radica  no facto de ter existido neste sítio uma Quinta do Machado, cuja casa de feição setecentista foi reconstruída por volta de 1870.

Placa Tipo II

Placa Tipo II