Rua Visconde de Juromenha na Penha de França há 80 anos

Freguesia da Penha de França

Freguesia da Penha de França (Foto: Sérgio Dias)

O Visconde de Juromenha que se destacou pelos seus estudos sobre Luís de Camões, foi fixado pela edilidade lisboeta  na Rua nº 7 do Olival do Monte Alperche, à Penha de França, entre as Ruas Martins Sarmento e de Cesário Verde, há 80 anos. 

Pelo mesmo Edital municipal de 18/07/1933 foram também perpetuados nos restantes arruamentos do Monte Alperche os nomes dos poetas Cesário Verde e Conde de Monsaraz, dos arqueólogos Martins Sarmento e Estácio da Veiga, bem como dos geólogos Carlos Ribeiro e Néry Delgado. A legenda «Camoniano/1807 – 1887» da Rua Visconde de Juromenha só foi acrescentada 25 anos mais tarde, a partir de um parecer da Comissão Consultiva Municipal de Toponímia de 24/07/1958.

O homenageado nesta artéria é o 2º Visconde de Juromenha, de seu nome João António de Lemos Pereira de Lacerda (Lisboa/25.05.1807 – 29.05.1887/Lisboa), um sócio da Academia Real das Ciências e miguelista, cuja primeira obra publicada, sem indicação do autor, se intitulava Sintra pinturesca, ou Memória Descritiva das vilas de Sintra, Colares e seus arredores (1838), que foi revista por Alexandre Herculano, seu amigo e adversário político. Por instância de Almeida Garrett, o Visconde de Juromenha também integrou a equipa que dirigiu o Conservatório Dramático. Contudo, o Visconde Juromenha distinguiu-se sobretudo pela sua erudição nos assuntos camonianos, a que se dedicou intensamente no período de 1838 a 1859, sendo o primeiro a determinar com bases sólidas a data da morte do poeta e o lugar da sua sepultura. Da sua investigação resultaram os 6 volumes Obras de Luís de Camões (1860-69), para além dos seus manuscritos «Lucrécia Bórgia, Resposta à obra do Sr. Latino Coelho “Camões”»  e «Camões e os Lusíadas». Nas festas do tricentenário de Camões, em 1880, foi convidado para presidente da Comissão que se organizou, cargo que não aceitou alegando a sua avançada idade, mas a Comissão sempre o considerou seu presidente honorário. 

Freguesia da Penha de França

Freguesia da Penha de França (Foto: Sérgio Dias)

Advertisements

One thought on “Rua Visconde de Juromenha na Penha de França há 80 anos

  1. Pingback: A Rua do sentimento dum poeta e comerciante ocidental do final do séc. XIX | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s