A Rua Coronel Bento Roma no 130º aniversário deste militar

Placa Tipo II

Placa Tipo II
(Foto: Artur Matos)

Neste dia do 130º aniversário de Bento Roma, falamos da sua consagração na  toponímia de Lisboa desde 1967 , a partir de uma sugestão da Sociedade de Geografia de Lisboa, com a legenda «Herói do Ultramar/1884 – 1953», no arruamento projectado a Norte da Rua Dr. Gama Barros, pelo Edital municipal de 14/06/1967.

Bento Esteves Roma (Chaves/02.01.1884 – 23.12.1953/Lisboa), foi um oficial do Exército que combateu em Angola em 1912-1913,  tendo comandado o posto de Binde (Benguela) e, posteriormente, o de S. João do Pocolo. Tornou em 1915 para a Campanha do Sul de Angola, onde ocupou o Cuanhama (na Mongua) sob o Comando do general Pereira de Eça para além de concluir a ocupação do Cuando e, ainda voltou em 1920, desta feita  nomeado governador em várias províncias. De 1920 a 1923, foi Governador do Cubango, de Lunda,  e governador interino do Moxico, período em que consolidou a ocupação de todo o território através de operações militares. Foi ainda governador do distrito da Huíla e  e Governador Geral de Angola em 1930.

A partir de 1916 integrou o Corpo Expedicionário Português, sendo enviado para França para preparar a participação portuguesa na frente ocidental, junto das forças inglesas, na Grande Guerra de 1914 – 1918. Em 9 de Abril de 1918, durante a Batalha de La Lys, ficou prisioneiro dos alemães e ficou cativo até ao final da vitória dos aliados, tendo comandado a companhia portuguesa na parada da vitória no 14 de Julho, em Paris e recebido distinções de bravura pela suas campanhas nas trincheiras da Flandres. No pós-guerra, organizou e instalou a Escola de Instrutores de Infantaria, em Tancos e, viu a sua conferência «Os Portugueses nas Trincheiras da Grande Guerra» publicada em 1921 pela Cruzada das Mulheres Portuguesas.  

A partir de 1933 e até 1938 foi sub-director do Instituto Feminino de Educação e Trabalho,  em Odivelas, e em 1949, apoiou a candidatura do General Norton de Matos à Presidência da República, fazendo parte da sua Comissão Central.

Freguesia de Alvalade

Freguesia de Alvalade
(Foto: Artur Matos)