A luz do Sol ao Rato

Freguesia de Campo de Ourique

Freguesia de Campo de Ourique
( Foto: Artur Matos)

O sol de Lisboa está presente na toponímia de diversos arruamentos da cidade e, um deles é este que liga o Largo do Rato à Rua Silva Carvalho e, que desde a década de cinquenta do século XX também refere a sua proximidade ao Largo do Rato: a Rua do Sol ao Rato.

O olisipógrafo Norberto Araújo nas suas Peregrinações em Lisboa (vol. XI) descreve esta artéria assim: «Pois subamos a Rua do Sol. Esta, sim, que é artéria muito antiga – em relação à idade da freguesia – a velha Rua do Rato para o Salitre, descendo desde a extrema de S. João dos Bem-Casados, ainda quando esta artéria não tinha a orientação actual. Os prédios desta Rua do Sol, do lado esquerdo, acusam quási todos cabelos brancos, na sua modéstia. Do lado direito, no comêço, ficavam os amplos terrenos da Cêrca do Convento das Trinitárias do Rato, e que no meado do século passado [isto é, séc. XIX] foram sendo retalhados para construções, que orlam a rua no primeiro trôço».

A Rua do Sol ao Rato é uma das 7 artérias lisboetas que ainda mostram como este astro serviu de geo-referenciação para a cidade e, da importância dada à sua luz, tanto mais quanto o próximo ano foi proclamado Ano Internacional da Luz . A definição de proximidade «ao Rato» foi acrescentada por parecer da Comissão Municipal de Toponímia de 10/03/1950. Nos dias de hoje Lisboa ainda acolhe a Rua do Sol a Chelas, a Rua do Sol à Graça, a Rua do Sol a Santana, a Rua do Sol a Santa Catarina, mais um Largo das Portas do Sol, que guarda a memória da Porta do Sol da Cerca Moura e, um Beco do Forno do Sol que nasce na Rua do Sol à Graça, que recebeu o acrescento do «Sol» pelo edital do Governo Civil de 1 de setembro de 1859, organismo que deteve a competência da denominação das ruas entre 1836 e 1878.

A referência de proximidade ao Largo do Rato acrescentada  a esta Rua do Sol evoca a alcunha de Luís Gomes de Sá e Meneses, patrono do primeiro Convento da Ordem da Santíssima Trindade em Lisboa.

Placa Tipo II

Placa Tipo II ( Foto: Artur Matos)

 

Anúncios

2 thoughts on “A luz do Sol ao Rato

  1. Pingback: Da Praça da Alegria à Praça do Suplício | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Ruas do Sol | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s