A Rua Palmira do Bairro da família Andrade

Freguesia de Arroios

Freguesia de Arroios

A Palmira desta Rua seria uma familiar de Manuel Gonçalves Pereira d’Andrade, que mandou construir o Bairro Andrade no final do século XIX e, por isso ganhou o direito de ter o seu nome numa rua desse Bairro.

A Rua Palmira foi um topónimo atribuído por deliberação camarária de 10 de Novembro de 1892. Essa mesma deliberação camarária atribuiu ainda no Bairro Andrade os seguintes topónimos: Rua Andrade, Rua Antónia Andrade, Rua Maria e Rua Maria Andrade.

Das Actas das sessões da Comissão Municipal no ano de 1892, pode ainda ler-se o seguinte sobre o deliberado no dia 10 de Novembro de 1892:
« De Manuel Gonçalves Pereira d’Andrade, proprietário do ‘Bairro Andrade’, cujas ruas estão na posse da Câmara, pedindo que n’ellas sejam conservados os nomes que indica. Deferido, com a alteração de Rua Antónia Andrade em vez de Rua Maria Antónia». E é deste documento que se pode inferir que a Rua Palmira recolhe a sua denominação do proprietário do Bairro Andrade sendo, provavelmente de familiares – quiçá mulher e filhas – do proprietário do Bairro Andrade.

Refira-se ainda que a Rua Palmira do Bairro Andrade tem a sua extremidade final junto à rua do Forno do Tijolo e nesta parte os seus edifícios foram edificados já no contexto da urbanização do Bairro das Colónias e, que os os prédios com os números de polícia 33 e 35, datam de 1936 e, são da autoria de Cassiano Branco.

(Foto: João H. Goulart, 1970, Arquivo Municipal de Lisboa)

(Foto: João H. Goulart, 1970, Arquivo Municipal de Lisboa)

One thought on “A Rua Palmira do Bairro da família Andrade

  1. Pingback: O centenário Bairro de Inglaterra nascido em 29 de agosto de 1916 | Toponímia de Lisboa

Os comentários estão fechados.