O pintor de rebanhos numa rua de Campo de Ourique

Freguesia de Campo de Ourique 123

Freguesia de Campo de Ourique

O pintor Tomás da Anunciação, que se destacou sobretudo pela pintura paisagista e de animais, está desde o ano seguinte à sua morte perpetuado numa rua de Campo de Ourique, até aí denominada Rua nº 3 dos terrenos da antiga parada de Campo de Ourique.

Foi através da deliberação camarária de 23/08/1880 e consequente Edital municipal de 30/08/1880, que também atribuiu  as denominações Rua Ferreira Borges (à Avenida de Campo de Ourique), Rua do Quatro de Infantaria (à Rua nº 1 ) e, Rua Francisco Metrass (à Rua nº 4), igualmente  um pintor, contemporâneo de Tomás da Anunciação.

Tomás José da Anunciação (Lisboa/26.10.1818 – 03.04.1879/Lisboa) nasceu na Ajuda e, iniciou a sua carreira como desenhador de estampas no Museu de História Natural do Palácio da Ajuda para, a partir dos 19 anos, frequentar a Real Academia de Belas-Artes de Lisboa, instalada no Convento de S. Francisco, onde a partir de 1852 se tornou professor da nova cadeira de Pintura de Paisagem, Animais e Produtos Naturais. Em 1857com o seu quadro Vista de Penha de França,assumiu as funções de professor catedrático e, a partir de 1878, tornou-se Diretor da Academia. Distinguiu-se como pintor paisagista e animalista, sendo de realçar na sua obra de mais de 500 quadros,  alguns títulos como O sendeiro (1856), Vitelo (1873), Perdidos do Rebanho, Ovelhas e Borregos e Rebanho Passando Um Riacho. Refira-se ainda que foram seus alunos José Malhoa e Silva Porto, tal como que deu aulas de pintura à Rainha D. Maria Pia.

Tomás da Anunciação foi ainda diretor da Galeria Real de Pintura da Ajuda e, fundador da Sociedade Promotora de Belas-Artes (1862-1881), tendo sido galardoado com a única medalha conferida a artistas na Exposição Industrial do Porto de 1865 e, com a de ouro, na Exposição Internacional de Madrid de 1871. E1884, a Academia das Belas Artes instituiu o Prémio Anunciação em sua homenagem. A sua obra está representada no Museu José Malhoa, na Casa-Museu dos Patudos em Alpiarça, no Museu Grão-Vasco em Viseu, no Solar do Monteiro-Mor do Juncal, no Museu Quinta das Cruzes na Madeira e, no Museu do Chiado/Museu Nacional de Arte Contemporânea em Lisboa.

tomás da anunciação

Retrato de Tomás da Anunciação, 1859, por Joaquim Pedro de Sousa

Anúncios

2 thoughts on “O pintor de rebanhos numa rua de Campo de Ourique

  1. Pingback: A Rua do pintor romântico Francisco Metrass e as duas vidas do cinema Europa | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: A Avenida do pintor de «O Fado» | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s