O pintor de rebanhos numa rua de Campo de Ourique

Freguesia de Campo de Ourique 123

Freguesia de Campo de Ourique

O pintor Tomás da Anunciação, que se destacou sobretudo pela pintura paisagista e de animais, está desde o ano seguinte à sua morte perpetuado numa rua de Campo de Ourique, até aí denominada Rua nº 3 dos terrenos da antiga parada de Campo de Ourique.

Foi através da deliberação camarária de 23/08/1880 e consequente Edital municipal de 30/08/1880, que também atribuiu  as denominações Rua Ferreira Borges (à Avenida de Campo de Ourique), Rua do Quatro de Infantaria (à Rua nº 1 ) e, Rua Francisco Metrass (à Rua nº 4), igualmente  um pintor, contemporâneo de Tomás da Anunciação.

Tomás José da Anunciação (Lisboa/26.10.1818 – 03.04.1879/Lisboa) nasceu na Ajuda e, iniciou a sua carreira como desenhador de estampas no Museu de História Natural do Palácio da Ajuda para, a partir dos 19 anos, frequentar a Real Academia de Belas-Artes de Lisboa, instalada no Convento de S. Francisco, onde a partir de 1852 se tornou professor da nova cadeira de Pintura de Paisagem, Animais e Produtos Naturais. Em 1857com o seu quadro Vista de Penha de França,assumiu as funções de professor catedrático e, a partir de 1878, tornou-se Diretor da Academia. Distinguiu-se como pintor paisagista e animalista, sendo de realçar na sua obra de mais de 500 quadros,  alguns títulos como O sendeiro (1856), Vitelo (1873), Perdidos do Rebanho, Ovelhas e Borregos e Rebanho Passando Um Riacho. Refira-se ainda que foram seus alunos José Malhoa e Silva Porto, tal como que deu aulas de pintura à Rainha D. Maria Pia.

Tomás da Anunciação foi ainda diretor da Galeria Real de Pintura da Ajuda e, fundador da Sociedade Promotora de Belas-Artes (1862-1881), tendo sido galardoado com a única medalha conferida a artistas na Exposição Industrial do Porto de 1865 e, com a de ouro, na Exposição Internacional de Madrid de 1871. E1884, a Academia das Belas Artes instituiu o Prémio Anunciação em sua homenagem. A sua obra está representada no Museu José Malhoa, na Casa-Museu dos Patudos em Alpiarça, no Museu Grão-Vasco em Viseu, no Solar do Monteiro-Mor do Juncal, no Museu Quinta das Cruzes na Madeira e, no Museu do Chiado/Museu Nacional de Arte Contemporânea em Lisboa.

tomás da anunciação

Retrato de Tomás da Anunciação, 1859, por Joaquim Pedro de Sousa

Advertisements

One thought on “O pintor de rebanhos numa rua de Campo de Ourique

  1. Pingback: A Rua do pintor romântico Francisco Metrass e as duas vidas do cinema Europa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s