A rua direita de São Pedro de Alfama

Placa Tipo I

Placa Tipo I – Freguesia de Santa Maria Maior

No próximo domingo é Dia de São Pedro, o 3º e último Santo Popular de junho que Alfama também acolhe numa rua.

Este arruamento que liga o Largo do Chafariz de Dentro à Rua de São Miguel, aparece em referência escrita em 1769 na Descripçaõ dos novos destrictos das parroquias da cidade de Lisboa, que por ordem de S. Magestade Fidelissima fez o sargento mor ingenhrº Joseph Montrº de Carvalho. Porém, o topónimo é mais antigo e deriva da igreja desta invocação que o mesmo documento diz que «A origem desta Igrª consta ser no Anno de 1191 pelo Bispo de Lisboa D. Soeiro Annes: he do Padroado das Sereníssimas Raynhas deste Reyno; e o seu Parrocho tem o titulo de Prior. Constava no ano de 1755 de 352 fogos, que se alojavaõ nas ruas e becos seguintes: Parte da Adiça, athé à porta do Sol; p.e da rua da Galé: rua direita de S. Pedro (…)».

As freguesias de Alfama organizavam-se em volta da respectiva igreja paroquial e o crescimento populacional no séc. XVI determinou a construção sistemática ao longo da rua de São Pedro que funcionou como rua direita de Alfama. Dada a ruína da igreja com o Terramoto de 1755, a reorganização administrativa de Lisboa em 1770 ordenou a trasladação da paróquia de S. Pedro para Alcântara, freguesia que aliás tinha aumentado demograficamente, e a integração do território de S. Pedro nas freguesias de S. Miguel e de S. João da Praça.

Rua de São Pedro planta

One thought on “A rua direita de São Pedro de Alfama

  1. Pingback: O Largo do Chafariz de Dentro do Museu do Fado | Toponímia de Lisboa

Os comentários estão fechados.