No 120º aniversário de Francine Benoit, a sua Rua no Lumiar

 

0 francine-benoit

Passa hoje o 120º aniversário da professora e crítica musical Francine Benoit que a partir do Edital camarário de 12/03/1991 passou a ser a figura do topónimo do espaço urbano que até aí era o Impasse 1 N.3 e 1 N.3.1 de Telheiras Norte II -Lumiar.

Foi por sugestão da Assembleia Municipal de Lisboa que  Francine Germaine Vane Gool Benoit (França- Périgueux/30.07.1894 – 27.01.1990/Lisboa), naturalizada portuguesa em 1929 embora vivesse no nosso país desde 1906, foi inscrita na toponímia de Lisboa. Francine Benoit que foi professora, pianista, crítico musical e conferencista, viveu grande parte da sua vida em Lisboa. Desde logo, frequentou o curso de Padre Tomás Borba na Academia dos Amadores de Música e depois, o Conservatório de Lisboa onde cursou piano e composição. Francine Benoit exerceu como professora da Escola Oficial nº1 de Lisboa, da escola da Voz do Operário, do Museu João de Deus e da Academia dos Amadores de Música. Maria João Pires e Emanuel Nunes foram seus alunos. Refira-se que em 1932, não chegou a ser nomeada para professora do Conservatório pelo concurso  que ganhara, por razões políticas.

Francine também dirigiu a Academia de Amadores de Música e participou na fundação do Conservatório de Música de Coimbra, assim como, em 1942, na Sociedade de Concertos Sonata, com Fernando Lopes Graça, Maria da Graça Amado da Cunha, Joaquim Silva Pereira e Macário de Santiago Kastner.

Deixou também o seu nome ligado à crítica musical com extensa colaboração publicada na Seara Nova, A Capital, Diário de Lisboa, Ilustração, Gazeta Musical, O Diário, Revista de Portugal ou Vértice, entre outras publicações periódicas.

Benoit integrou ainda os movimentos da oposição ao Estado Novo ao assinar as listas do MUD e sendo presença frequente em encontros de elites oposicionistas, tal como colaborou com a Associação Feminina Portuguesa para a Paz, o Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas e o Movimento Democrático das Mulheres.

Freguesia do Lumiar (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia do Lumiar
(Planta: Sérgio Dias)

Advertisements

2 thoughts on “No 120º aniversário de Francine Benoit, a sua Rua no Lumiar

  1. Pingback: A Rua Tomás Borba, o pedagogo da modernidade do Canto Coral | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Música na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s