O Jardim do homem do Teatro de Carnide no seu 82º aniversário

Freguesia de Carnide

Freguesia de Carnide

Através de uma proposta da Junta de Freguesia de Carnide, a Câmara Municipal de Lisboa prestou homenagem a Bento Martins atribuindo o seu nome a um jardim da Quinta da Luz, pelo Edital de 17/02/1995, justamente na freguesia a que ele se ligara pela fundação do Teatro de Carnide.

António Bento Martins (Castelo Branco/12.08.1932 – 01.09.1993/Lisboa) que hoje completaria o seu 82º aniversário, desde os seus 17 anos que se interessava pelo Teatro, formando diversos grupos de Teatro de Amadores, entre os quais se destacam o Grupo de Teatro de Sacavém, da Bobadela, de Santa Iria, da EDP (empresa onde trabalhou), bem como grupos de Teatro de paróquia, e neles participava como ator e encenador. Em 1959, fundou o Grupo de Teatro de Carnide onde se manteve até ao seu falecimento, durante 34 anos.

Como ator profissional integrou as companhias do Teatro de Ensaio de Lisboa, do Teatro da Estufa Fria e do Grupo de Teatro de Carnide. Como encenador levou a cena diversos géneros, para além de ter sido um aplicado estudioso do Teatro, participando em vários cursos de diretor e encenador, em Portugal, na Suíça e na antiga República Democrática Alemã, para além de ter realizado colóquios no âmbito da Secretaria de Estado da Cultura, do ex- FAOJ/Instituto da Juventude, do INATEL e, em diversas autarquias.

Bento Martins recebeu galardões no Festival de Teatro de Amadores de Lisboa (7 vezes), no Festival Internacional das Beiras, no Festival de Santarém (3 vezes) e, ainda, uma Medalha de Ouro do Teatro da ex-RDA.

Freguesia de Carnide

Freguesia de Carnide