No «Bairro das Marias» a rua da fadista Maria Alice

 

Maria Alice 22

O Bairro da Cruz Vermelha foi popularmente conhecido pelo Bairro das Marias, dado a sua toponímia comportar o nome das senhoras da secção auxiliar feminina da Cruz Vermelha de cuja iniciativa nasceu em Janeiro de 1967 o Bairro Municipal da Cruz Vermelha, para albergar as famílias cujas barracas tinham ardido em 1962, todas Marias de primeiro nome e a que ainda se juntou a Rua das Duas Marias, a Rua das Três Marias, a Rua das Quatro Marias, a Rua das Cinco Marias e o Largo das Seis Marias.

Já no ano 2000 o Edital municipal de  5 de julho juntou à toponímia do Bairro mais três Marias, todas fadistas: Maria do Carmo Torres, Maria José da Guia e Maria Alice, cabendo a esta última a artéria formada pelas Ruas B e C do Bairro da Cruz Vermelha.

Maria Alice foi o nome artístico de Glória Mendes Leal de Carvalho (Figueira da Foz/01.09.1904 – 13.02.1996/Lisboa) que hoje completaria o seu 110º aniversário. Dona de uma voz fina, maviosa e castiça  foi uma fadista muito popular na década de 30 do século XX e gravou mesmo discos na editora Valentim de Carvalho, sendo o dono desta quem lhe escolheu o nome artístico que era também o da sua primeira esposa.

A residir em Lisboa desde os 3 anos de idade Maria Alice estreou-se numa Festa do Fado da Velha Guarda, no retiro Ferro de Engomar, em Benfica, em 1928. E foi nesta cidade que cantou em retiros, festas de beneficência, esperas de toiros, bem como no Brasil por duas vezes e conseguiu sucesso com os fados Perseguição, Fado da Traição, Fado Menor, Fui Dizer Adeus à Barra ou Esse Olhar Dá-me Tristeza, para além de ter gravado discos na Casa Valentim de Carvalho. Retirou-se da carreira artística após o seu casamento com Valentim de Carvalho, na década de 40 do século XX.

Freguesia do Lumiar

Freguesia do Lumiar

Advertisements

2 thoughts on “No «Bairro das Marias» a rua da fadista Maria Alice

  1. Pingback: Maria Albertina, voz do vira Tricanas de Ovar e do fado de Lisboa, numa rua do Bairro da Cruz Vermelha | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Música na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s