No 130º aniversário de Alexandre Vieira a sua rua no Bairro 2 de Maio

Nascido no dia 11 de Setembro de 1884, Alexandre Vieira cujo 130º aniversário hoje passa dá nome a uma artéria do Bairro 2 de Maio, na freguesia da Ajuda, desde o Edital municipal de 29/01/1979, com a legenda «Sindicalista e Historiador/1884 – 1973».

Este Edital fez nascer no Bairro 2 de Maio as Ruas Alexandre Vieira, César Nogueira e Pinto Quartin para designar o Impasse 2, o Impasse 1 e o Impasse 3, correspondendo assim a uma solicitação do cidadão António Perianes Palma dirigida à Secretaria de Estado da Comunicação Social, para que fossem consagrados na toponímia de Lisboa os nomes destes jornalistas.

O Bairro 2 de Maio foi conhecido como bairro da Fundação Salazar até ao dia 2 de maio de 1974, em que centenas de pessoas que moravam em barracas na freguesia da Ajuda ocuparam os prédios que estavam a ser construídos, tendo mesmo pedido ajuda a alunos do Instituto Superior Técnico para o efeito. Depois, deram ao bairro o nome desse dia e foram concluindo os prédios que a partir daí lhes deram casa.

Alexandre Vieira (Porto/11.09.1884 – 26.12.1973/Lisboa) que viveu a infância em Viana do Castelo e a adolescência em Caminha, começou a trabalhar em artes tipográficas aos 15 anos, compondo e imprimindo o Jornal de Caminha. Em 1906 veio radicar-se em Lisboa, como operário gráfico mas começou a afirmar-se também nos movimentos sindicalistas. Em 1908 fundou o diário sindicalista A Greve e dirigiu mais tarde O Sindicalista (1911-1915), bem como O Movimento Operário (1917) e, o então nascido A Batalha (1919). Alexandre Vieira foi também membro efetivo do conselho administrativo da extinta Universidade Popular e de várias instituições de carácter cooperativo e cultural.

São da sua autoria as obras Em volta da minha profissão: Subsídios para a história do movimento operário (1950), Como se corrigem provas tipográficas: Noções úteis para quem manda executar impressão às tipografias (1951), Figuras gradas do Movimento Social Português (1959), Delegacia a um Congresso Sindical (1960), Para a História do Sindicalismo em Portugal (1970).

Freguesia da Ajuda

Freguesia da Ajuda

Anúncios

One thought on “No 130º aniversário de Alexandre Vieira a sua rua no Bairro 2 de Maio

  1. Pingback: Alexandre Vieira recordado num artigo de Emídio Santana | Portal Anarquista

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s