A Rua da Igreja de Santa Maria Madalena

Rua da Madalena entre 1898 e 1908  (Foto: Arquivo Municipal de Lisboa)

Rua da Madalena entre 1898 e 1908
(Foto: Arquivo Municipal de Lisboa)

A Rua da Madalena, como o nome indica, advém da proximidade à Igreja de Santa Maria Madalena, que já existia seguramente em 1164, mandada edificar por D. Afonso Henriques junto à Cerca Moura, em terrenos onde existiu um templo romano dedicado a Cibeles, a deusa-mãe.

A Igreja da Madalena foi mandada reconstruir após um incêndio em 1363; em 1512, a Capela-Mor teve uma intervenção e, em 1600 foi parcialmente destruída por um ciclone. Após o terramoto 1755, com traçado do arquiteto João Paulo, assente sobre as bases do antigo templo, passou a ostentar um pórtico manuelino e abriu ao público em 1783, em 22 de  julho, dia da festa da padroeira. O Portal da Igreja que se julga ser oriundo da Igreja da Conceição dos Freires foi classificado como Monumento Nacional em Junho de 1910.

Segundo o olisipógrafo Luís Pastor de Macedo, esta artéria teria sido a Rua do Arco de Nª Srª da Consolação. No entanto,  Norberto Araújo considerava que esta artéria não correspondia a qualquer arruamento de antes do terramoto de 1755. Até 1841 a Rua da Madalena não possuía passeios empedrados.

Madalena Rua da

Freguesia de Santa Maria Maior

 

Freguesia de Santa Maria Maior (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior
(Planta: Sérgio Dias)

Anúncios

3 thoughts on “A Rua da Igreja de Santa Maria Madalena

  1. Pingback: A toponímia das ruas que não o são | Toponímia de Lisboa

  2. Rua da Madalena was named for its proximity to the church of Santa Maria Madalena, which certainly existed in 1164. D. Afonso Henriques ordered the church to be built beside the old Moorish city walls, on land where there had been a Roman temple dedicated to the mother goddess Cybele.

    The reconstruction of the Madalena church was ordered after a fire in 1363. In 1512 the main chapel was remodelled and in 1600 this was partially destroyed by a hurricane. After the 1755 earthquake, a grand Manueline entrance appeared, built to plans by the architect João Paulo and placed on top of the former temple. Its official opening was on the 22nd of July 1783, the saint’s day for St Mary Magdalene. The entrance to the church, which is thought to have been salvaged from the Church of Conceição dos Freires, was listed as a National Monument in June 1910.

    According to the olissipographer Luís Pastor de Macedo, this street would have been the former Rua do Arco de Nossa Senhora da Consolação. However, another olissipographer, Norberto Araújo, thought that Rua da Madalena does not correspond to any pre -1755 street. Rua da Madalena did not have pavements until 1841.

    Gostar

  3. Pingback: Da quinhentista Rua do Terreiro Novo à oitocentista Rua da Alfândega | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s