A Rua dos Operários do Bairro Operário do final do séc. XIX

Freguesia de São Vicente (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de São Vicente
(Foto: Sérgio Dias)

A progressiva industrialização de Lisboa, a partir do final do século XIX e início do séc. XX também ficou marcada na toponímia da cidade e a Rua dos Operários é um dos exemplos.

A Rua dos Operários que liga a Rua Machado de Castro à Rua Afonso Domingues, foi atribuída por deliberação camarária de 8 de julho de 1892 à Rua B do Bairro Operário à Calçada dos Barbadinhos. Pela mesma deliberação as restantes ruas do Bairro passaram a denominar-se Rua dos Sapadores (para a Rua A), enquanto o pintor Pedro Alexandrino deu nome à Rua C, o escultor Machado de Castro ficou na Rua D, o militar especialista em fundição de peças de bronze Bartolomeu da Costa denominou a Rua E e, o arquiteto Afonso Domingues a Rua F.

Norberto Araújo, nas suas Peregrinações em Lisboa do final da década de 30 do séc. XX,  afirmava que para lá da Rua do Vale de Santo António existiam 3 bairros populares: o Bairro Operário, o mais antigo, que se iniciara em 1891, com 3 artérias no sentido poente-nascença e mais 3  na direcção norte-sul, numa obra da Companhia Comercial Construtora; o Bairro Ermida, aberto cerca de 1911 nos terrenos da Quinta da Chumbeira segundo plano de Carlos Ribeiro Ermida e, o Bairro América erguido na mesma década na Quinta das Marcelinas (as suas ruas foram municipalizadas e cedidas à CML por escritura apenas em 1933).

Freguesia de São Vicente

Freguesia de São Vicente

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s