O Largo da Academia Nacional de Belas Artes

Freguesia de Santa Maria Maior (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior
(Foto: Sérgio Dias)

O Largo da Academia Nacional de Belas Artes era em 1975 o Largo da Biblioteca Pública, morada da Escola Superior de Belas Artes de Lisboa onde Luís Dourdil então expôs pintura e desenho, naquela que foi a sua 1ª exposição de cariz retrospetivo. Dourdil voltou a expôr lá obra sua numa mostra coletiva em 1988.

O topónimo Largo da Academia Nacional de Belas Artes foi atribuído pela Câmara Municipal de Lisboa, por Edital de 6 de abril de 1982 , ao antigo Largo da Biblioteca Pública, por via de um pedido formulado pela própria Academia Nacional de Belas Artes, argumentando ter a sua sede naquele local e porque a Biblioteca Pública (Biblioteca Nacional) que   desde 1837 ocupava o Convento de São Francisco e assim dava nome ao largo, havia sido transferida na década de 70 do séc. XX para o Campo Grande.

A Academia de Belas Artes começou a funcionar desde 1837 nos dois pavimentos inferiores do antigo convento de São Francisco da Cidade, após a criação por decreto da rainha D. Maria II, em  outubro de 1836 e, por iniciativa de Passos Manuel, que foi quem fez referendar os três decretos relativos à Academia: o primeiro para criar a Academia; o segundo, para a instalar no   convento de São Francisco da Cidade e, com uma biblioteca de Belas Artes; e o último, para nomear  as pessoas constantes duma relação que acompanhava o mesmo decreto para os diversos empregos da Academia.

No reinado D. Luís, a Academia de Belas Artes passou a ser designada por Academia Real de Belas-Artes (decreto de 22 de março de 1862) e, em 1881, houve uma reforma no ensino artístico, dando-se a separação entre a Escola de Belas Artes de Lisboa, com fins didáticos, e a Academia Real de Belas Artes, com fins culturais.

O Governo Provisório da República extinguiu-a em 1911, sucedendo-lhe a 29 de maio de 1911 o Conselho de Arte e Arqueologia.  Foi restaurada pelo decreto n.º 20 977 em 1932, com o nome de Academia Nacional de Belas Artes, por iniciativa do então ministro da Instrução Pública.

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

Anúncios

2 thoughts on “O Largo da Academia Nacional de Belas Artes

  1. Pingback: Os Rossios, os Largos, as Praças e as Pracetas | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: A Rua de São Lázaro ou 20 de Abril de 1911 | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s