O Beco do fiscal da Almotaceria

Beco do Almotacé em 1963  (Foto: Armando Serodio, Arquivo Municipal de Lisboa)

Beco do Almotacé em 1963
(Foto: Armando Serodio, Arquivo Municipal de Lisboa)

O Beco do Almotacé, junto ao Beco das Cruzes, guarda a memória de um funcionário público municipal que podia ser especializado em pesos e medidas, licenciamento de aguadeiros ou salubridade pública e que deve ter residido nesta artéria.

O almotacé, ou almotacel, era um oficial dos município que tinha a seu cargo cuidar da igualdade de pesos e medidas, licenciar os aguadeiros, taxar os mantimentos ou  até distribuí-los em tempos de escassez. Existiu também o posto de almotacé da limpeza, encarregue da salubridade pública.

Este Beco do Almotacé foi até ao século XX denominado Pátio do Almotacé, rigorosamente ocupando o mesmo espaço e, em 1909 é a última vez que o vemos referido como Pátio. Começamos por encontrar  o Pátio na descrição da freguesia de São Miguel a seguir ao Terramoto de 1755, nas plantas após a remodelação paroquial de 1780, no  Atlas da Carta Topográfica de Lisboa de Filipe Folque de 1858 e, na Planta Topográfica de Lisboa de 1909 de Silva Pinto.

Freguesia de Santa Maria Maior (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior
(Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

 

 

Anúncios

One thought on “O Beco do fiscal da Almotaceria

  1. Pingback: Os Becos ou Vielas de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s