O Beco da Curvinha Semedo ou da Corvina?

(Foto: Artur Pastor, década de 80 do séc. XX, Arquivo Municipal de Lisboa)

(Foto: Artur Pastor, década de 80 do séc. XX, Arquivo Municipal de Lisboa)

Este Beco da Corvinha que nasce na Calçadinha de São Miguel e vai até junto da Calçadinha da Figueira, fixou na memória lisboeta ou uma Corvina ou um elemento feminino da família dos Curvo Semedo.

Bastas vezes a documentação menciona este arruamento como Beco da Corvina, como acontece na Corografia Portuguesa (1706-1712) de  Carvalho da Costa e nas plantas de São Miguel após a remodelação paroquial de 1780.  Todavia, o olisipógrafo Gomes de Brito aponta que «Curvinha é o diminutivo feminino de Curvo, e este vocábulo foi elemento do apelido de uma família distinta e numerosa: a dos Curvos Sem-medo ou Semmedo. (…) »

Referimos ainda que não muito longe, na freguesia de São Vicente, existe um Pátio do Corvo junto à Rua do Paraíso, que Luís Pastor de Macedo defende ter sido o Pátio do Curvo e, o local onde viveram em meados do séc. XVIII alguns elementos da família Curvo Semedo, como Francisco Xavier Curvo Semedo, aliás como surge referido nos registos paroquiais de 1745.

Freguesia de Santa Maria Maior (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior
(Planta: Sérgio Dias)

Anúncios

2 thoughts on “O Beco da Curvinha Semedo ou da Corvina?

  1. Pingback: Topónimos incomuns de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Os Becos ou Vielas de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s