A Rua Rui Barbosa, defensor da igualdade das nações

RUI BARBOSA

Neste arruamento do Bairro América está consagrado o político brasileiro que se destacou na luta abolicionista contra a escravatura e na defesa do principio da igualdade das nações nas instâncias internacionais.

A Rua Rui Barbosa nasceu de uma deliberação camarária de 25 de novembro de 1918, com mais 6 topónimos, todos referentes a figuras ligadas ao continente americano, num novo bairro que estava a ser construído na Quinta das Marcelinas e que a edilidade denominou como Bairro América, quando tinham passado 14 dias após a assinatura do armistício de Compiègne que pôs fim à  I Guerra Mundial e, no ano seguinte ao da entrada dos Estados Unidos da América no conflito. Aliás, a ata dessa sessão camarária ainda elucida que «Os Srs. Manuel José Martins Contreiras, Dr. João José da Silva e Fernão Boto Machado, proprietários da Quinta das Marcelinas, na Rua Vale de Santo António, 30, requereram a esta Câmara que lhes fosse dado ao Bairro que ali estão construindo, a denominação de Bairro da América, a exemplo do que já foi feito para os bairros da Bélgica e da Inglaterra e que os arruamentos tivessem as seguintes denominações: nº 1:Rua Franklin, nº2: Washington, nº3:Rui Barbosa, nº4:Bolívar, nº5:Dos Cortes Reais, nº6: de Fernando de Magalhães, nº7:de Álvaro Fagundes.»

O correspondente Edital municipal só foi publicado em 17 de 0utubro de 1924 e acrescente-se que os arruamentos Rua Bolivar e Rua Álvaro Fagundes nunca tiveram execução prática, embora, em 1971, o nome de Álvaro Fagundes tenha regressado para a toponímia lisboeta para dar nome à Rua C à Rua General Justiniano Padrel.

Freguesia de São Vicente - Placa de Azulejo (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de São Vicente – Placa de Azulejo
(Foto: Sérgio Dias)

Ruy Barbosa de Oliveira (Salvador/05.11.1849-01.03.1923/Petrópolis) foi um político brasileiro conhecido como Águia de Haia  que teve um importante papel na defesa do princípio da igualdade das nações enquanto delegado do Brasil na II Conferência da Paz, em Haia (1907). Enquanto jurista foi coautor da constituição da Primeira República do Brasil e primeiro Ministro da Fazenda (1889 a 1891), bem como deputado (1878 a 1881 e, 1882 a 1884) e senador ( de 1890 a 1921, sendo mesmo Vice-Presidente do Senado da República em 1907), para além de por duas vezes ter sido candidato à Presidência da República, sendo que ainda teve um papel decisivo na entrada do Brasil na I Guerra Mundial.

Ruy Barbosa foi ainda jornalista, advogado, diplomata, filólogo notável da língua portuguesa e membro fundador da Academia Brasileira de Letras de que foi presidente entre 1908 e 1919.

Freguesia de São Vicente

Freguesia de São Vicente                                                     (Planta: Sérgio Dias)

 

 

Anúncios

5 thoughts on “A Rua Rui Barbosa, defensor da igualdade das nações

  1. Pingback: Um estrangeiro por freguesia na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Pena de Morte e Direitos Humanos na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  3. Pingback: Cecília e Dinah, duas escritoras brasileiras na toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  4. Pingback: A Rua Fernão do Estreito de Magalhães | Toponímia de Lisboa

  5. Pingback: Roteiro ibero-americano da toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s