A Rua do autor de «Os Miseráveis»

PENTAX Image

Desde 1948 que o escritor francês Vítor Hugo crisma a Rua B da Zona compreendida entre a Alameda D. Afonso Henriques e a Linha Férrea de Cintura, a partir de uma sugestão dirigida à edilidade por carta de um munícipe datada de 8 de abril desse ano.

Aliás, toda esta zona de Lisboa que na época era uma urbanização recente recebeu do Edital camarário de 29 de julho de 1948 doze topónimos, todos ligados a personalidades de cariz internacional ou a cidades europeias e brasileiras com o objectivo de dar algum cosmopolitismo à cidade de Lisboa. Foram escolhidosTambém  os nomes dos escritores Vítor Hugo e Cervantes (em Ruas), Afrânio Peixoto e João do Rio (ambos brasileiros e em Praças), dos cientistas Pasteur, Edison  e Marconi (em Praça, Rua e Avenida) e ainda, Avenidas para Madrid, Paris e Rio de Janeiro, uma praça para Londres,  para além da Avenida João XXI que homenageia o único Papa português.

Victor Hugo (Besançon/26.02.1802 – 22.05.1885/Paris) foi um escritor francês que  se dedicou ao romance, à poesia e à dramaturgia, considerado o expoente do romantismo em França.

A sua obra mais conhecida e que aborda a injustiça social são Os Miseráveis (1862), novela que foi passada para o cinema, a televisão, o teatro e até para musicais. Também o seu prefácio para o seu drama histórico Cromwell (1827) é tido como o manifesto do movimento romântico na literatura francesa. Da vasta obra publicada de Vítor Hugo são ainda de destacar Orientales (1829), Nossa Senhora de Paris (1831),  Le Roi S’Amuse (1832) ou Lucrécia Borgia (1833).

Vítor Hugo foi também um cidadão politicamente empenhado,  defensor da causa republicana, tendo sido deputado da Segunda República em 1848 e, durante o Segundo Império, exilado em Jersey, Guernesey e Bruxelas. Refira-se ainda que quando Portugal aboliu a pena de morte, em 1 de julho de 1867, este escritor francês dirigiu uma missiva ao diretor do Diário de Notícias, Eduardo Coelho, para felicitar «a nação que dá o exemplo à Europa».

Freguesia do Areeiro (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia do Areeiro
(Foto: Sérgio Dias)

Freguesia do Areeiro

Freguesia do Areeiro

 

Anúncios

4 thoughts on “A Rua do autor de «Os Miseráveis»

  1. Pingback: O inventor da pasteurização na Praça Pasteur, no Areeiro | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Um estrangeiro por freguesia na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  3. Pingback: Pena de Morte e Direitos Humanos na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  4. Pingback: A Rua Cervantes e o Autoparque Madrid | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s