A Rua do Menino de Ouro Luís Fernandes

Freguesia de Santo António (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de Santo António
(Foto: Sérgio Dias)

Luís Fernandes, conhecido como «Menino de Ouro», era um brasileiro de origens paternas minhotas dono do palacete onde hoje encontramos o Instituto Britânico (British Council) e que dá o seu nome a esta rua desde 1923.

Esta artéria denominou-se Travessa de S. Francisco de Borja e depois Travessa de S. Marçal, para ficar Rua Luís Fernandes pelo Edital de 06/02/1923, na data precisa em que se completava um ano sobre a morte do homenageado. A Ilustração Portuguesa, de 08/12/1923, noticiou da seguinte forma: «Em 30 de novembro desse ano foi organizada uma cerimónia celebrando a nova toponímia, na qual foi descerrada uma placa de bronze desenhada por Raul Lino e modelada e fundida sob a direção de Teixeira Lopes. Colocada no pilar direito do portão do palacete que pertencera a Fernandes, esta placa ainda lá está, homenageando a memória “do benemerito brasileiro (…) a quem Portugal ficou devendo tantas provas de carinho e interesse”.» 

Luís Fernandes mandou construir este palacete em 1885 para aí morar com a senhora portuguesa com quem se casara, embora após o falecimento dela, de parto, se tenha ausentado em Paris.

na Iustração Portuguesa,   12.04.1920

na Iustração Portuguesa, 12.04.1920

Capitalista e coleccionador brasileiro, Luís José Seixas Fernandes (Baía/30.11.1859 – 06.02.1922/Paris), conhecido como «Menino de Ouro», foi também o 1º presidente do Grupo dos Amigos do Museu de Arte Antiga (organismo instituído oficialmente em 27 de abril de 1912) e, quando se retirou para Paris em 1886 legou as suas colecções ao Museu Nacional de Arte Antiga que as tem agrupadas numa sala com o seu nome, bem como deu algumas obras à ao Instituto Geográfico e Histórico da Baía, à Academia Nacional de Belas Artes, ao Museu Nacional de Arte Contemporânea e à Biblioteca Nacional de Portugal,  sendo também de destacar que a sua presidência do GAMNAA está profundamente ligada à construção e consolidação da imagem do Museu como referência nacional.

Luís Fernandes tornou-se ainda o organizador e principal doador da Secção Portuguesa do Museu e Biblioteca da Grande Guerra de Paris. Acresce que foi também um dos primeiros sócios da Sociedade Propaganda de Portugal, tendo elaborado o 1º curso de Hotelaria em Portugal, em 1908, na Casa Pia e,  publicado o Guia de Proprietários de Hotéis (1908), para além de ter sido o relator geral do Congresso Internacional de Turismo em 1911. 

Freguesia de Santo António

Freguesia de Santo António

Anúncios

One thought on “A Rua do Menino de Ouro Luís Fernandes

  1. Pingback: Um estrangeiro por freguesia na Toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s