A Rua da especialista do Padre António Vieira, Profª Margarida Vieira Mendes

Freguesia do Areeiro (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia do Areeiro
(Foto: Sérgio Dias)

Margarida Vieira Mendes, professora universitária e especialista em Padre António Vieira, foi inscrita na toponímia de Lisboa dois anos após o seu falecimento.

Foi pelo Edital de 30/07/1999 que passou a dar nome à Rua PT1 da Quinta do Bacalhau/Monte Coxo, com a legenda «Investigadora/ 1949 – 1997», sendo acompanhada nesta zona das Olaias por outros nomes da Literatura como a investigadora Maria de Lourdes Belchior e os escritores Al Berto e Wanda Ramos.

Margarida Vieira Mendes

Margarida Vieira Mendes (Porto/17.02.1949 – 07.02.1997/Lisboa) distinguiu-se como professora universitária na Faculdade de Letras de Lisboa, desde o ano da sua licenciatura em Filologia Românica (1973), a ensinar aquilo que investigava- a literatura e cultura portuguesas-, tendo dedicado particular atenção à Oratória Barroca do Padre António Vieira, que viria a constituir a sua tese de doutoramento – orientada pela Profª Maria de Lourdes Belchior – e o título da sua edição em 1989 que lhe valeu o Prémio de Ensaio do Pen Clube Português, sendo considerada a maior especialista do orador jesuíta na 2ª metade do séc. XX. Também realizou estudos sobre Gil Vicente, Soror Violante do Céu, Eça de Queirós, Cesário Verde ou Fernando Pessoa.

Na Faculdade de Letras foi docente de Literatura Portuguesa e Cultura Portuguesa, assim como a principal responsável pela Formação de Professores e Didática da Literatura no Departamento de Literaturas Românicas, para além de ter integrado a equipa fundadora, em 1987, do Ramo de Formação Educacional, tendo também escrito uma multiplicidade de estudos dedicados ao ensino do Português e da Literatura Portuguesa nos ensinos básico, secundário e superior. Ficou conhecida por ser isenta da arrogância da cátedra e se fazer entender em discurso coloquial.

Repartiu também o seu tempo pela preparação de edições de textos do nosso património literário, nomeadamente dirigindo a colecção «Poetas do Tempo dos Descobrimentos», o Seminário Fernão Mendes Pinto (a partir de 1992), o Colóquio Internacional «Vieira Escritor – o Estado da Questão» (1997), bem como pela colaboração em inúmeras revistas de que é exemplo profícuo a Colóquio/Letras, para além de ser membro dos Conselhos Científicos dos Estudos Gerais da Arrábida- Conferências do Convento (desde 1992) e da Comissão Nacional das Comemorações dos Descobrimentos Portugueses (a partir de 1996).

Com Miguel Lobo Antunes Margarida Vieira Mendes foi mãe do escritor José Maria Vieira Mendes.

Freguesia do Areeiro (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia do Areeiro
(Planta: Sérgio Dias)

Advertisements

One thought on “A Rua da especialista do Padre António Vieira, Profª Margarida Vieira Mendes

  1. Pingback: A Rua do Padre António Vieira, defensor da abolição da escravatura | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s