O Jardim da neta de João de Deus

Jardim Maria da Luz Ponces deCarvalho

Neta de João de Deus, o autor da Cartilha Maternal (1876), e filha do pedagogo João de Deus Ramos, foi inscrita na toponímia de Lisboa a também educadora Maria da Luz Ponces de Carvalho, pelo Edital de 03/07/2008, no eixo pedonal entre as Malhas 19 e 20.1 do Plano de Urbanização do Alto do Lumiar que passou a ser um Jardim, com uma área de 0,37 ha, na então Freguesia da Charneca e hoje, de Santa Clara.

Maria da Luz de Deus Ramos Ponces de Carvalho (Lisboa/27.06.1918 – 08.12.1999/Lisboa), nascida alfacinha na freguesia de São Sebastião da Pedreira,  foi a principal continuadora da obra de seu avô e de seu pai, exercendo a partir de 1943 trabalho educativo nos Jardins-Escolas João de Deus e leccionando em simultâneo a disciplina de Educação Sensorial no Curso de Educadoras de Infância pelo Método João de Deus.

Bacharel dos cursos de preparação de Professores Adjuntos do Ensino Técnico e Profissional da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e ainda, com o curso de Ciências Pedagógicas da mesma Universidade, participou ainda em 1943 na fundação do primeiro Curso de Educadores de Infância que muito contribuiu para impulsionar a educação Pré-Escolar e Pré-Primária. Maria da Luz Ponces de Carvalho também fundou a Escola Superior de Educação assim como, em 1979,  o Comité Português da OMEP – Organização Mundial de Educação Pré-Escolar, entidade que em julho de 2000 a tornou seu Membro Honorário.

Eleita Presidente da Direcção da Associação de Jardins-Escolas João de Deus no ano de 1955 – que manteve até ao seu falecimento – ainda editou em 1997 um Guia Prático da Cartilha Maternal (1997) para facilitar um melhor conhecimento e uso do Método João de Deus e da Cartilha Maternal.

Para além de ter participado em inúmeras conferências, congressos, seminários e colóquios, em constante defesa dos direitos da criança e em prol da educação em Portugal foi agraciada com os graus de Comendador (1985) e de Grande-Oficial da Ordem de Instrução Pública (1990).

Já quatro anos antes do topónimo lisboeta, em abril de 2004,  a Escola Básica do 1º ciclo n.º 185, na então freguesia da Charneca, se havia passado a designar Escola Básica Maria da Luz de Deus Ramos.

 

Freguesia de Santa Clara (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Clara
(Planta: Sérgio Dias)

2 thoughts on “O Jardim da neta de João de Deus

  1. Pingback: O património natural na toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Toponomenclatura de espaços verdes: os Jardins e os Parques | Toponímia de Lisboa

Os comentários estão fechados.