A Rua do criador da Geografia moderna em Portugal

Freguesia do Lumiar (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia do Lumiar
(Foto: Sérgio Dias)

O Professor Orlando Ribeiro, o criador da Geografia moderna em Portugal, dignificou com o seu nome a Rua D da Urbanização do Paço do Lumiar, situada entre a Rua Prof. Alfredo de Sousa e a Rua Prof. Fernando de Mello Moser, desde a publicação do Edital de 15/12/1997, menos de um mês depois do seu falecimento o que é demonstrativo do enorme valor deste investigador e docente.

Com a legenda «Geógrafo/1911 – 1997», este topónimo homenageia o criador da Geografia moderna em Portugal, Orlando da Cunha Ribeiro (Lisboa/16.02.1911 – 17.11.1997/Lisboa), licenciado em História e Geografia pela Faculdade de Letras de Lisboa em 1932, e quatro depois doutorado em Geografia com uma tese sobre a Serra da Arrábida, pela mesma Faculdade, onde foi discípulo de Leite de Vasconcelos e de Silva Teles.

A sua preocupação da ligação da investigação ao ensino da Geografia esteve sempre presente ao longo da vida de docente desde que a iniciou num colégio de Lisboa enquanto preparava o seu doutoramento.  Foi leitor assistente de português na Universidade de Paris (1937- 1940), professor na Universidade de Coimbra (1940-1942) e professor catedrático da Faculdade de Letras de Lisboa (de 1942 em diante), instituição onde criou o Centro de Estudos Geográficos em 1943 e que 23 anos anos depois passou a publicar a revista Finisterra. Orlando Ribeiro procurava suscitar nos seus discípulos o interesse pela Geografia como mais um ramo da Ciência e considerava que à escala universitária a docência e a investigação estão intimamente relacionadas, sendo praticamente inseparáveis.

Orlando Ribeiro foi autor de uma vasta obra sobre Geografia Física, Humana, Regional, Zonal, Metodologia e História da Geografia, Geologia, Etnologia, História e organização da vida científica universitária, de que destacamos Portugal, o Mediterrâneo e o Atlântico (1945), A Ilha do Fogo e as suas Erupções (1954), Geografia e Civilização. Temas Portugueses (1961), Ensaios de Geografia Humana e Regional (1970), Introduções Geográficas à História de Portugal (1977), A Ilha da Madeira até Meados do Século XX (1985), Iniciação em Geografia Humana (1986), Introdução ao Estudo de Geografia Regional (1987) e os 4 volumes de Geografia de Portugal (1987-1989).

Orlando Ribeiro que foi também colaborador dos Serviços Geológicos (1945), organizou o 1º Congresso Internacional de Geografia do pós-guerra (em abril de 1949), com a participação de 800 investigadores de 37 países, tendo para o efeito escolhido como colaboradores Fernandes Martins, Mariano Feio, Georges Zbyszewski, Carlos Teixeira, Virgínia Rau e Jorge Dias, e daqui ainda editou 8 volumes de Atas e 5 volumes das 5 excursões científicas realizadas no seu decorrer.

Freguesia do Lumiar (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia do Lumiar
(Planta: Sérgio Dias)

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s