As Escadinhas do Santo Espírito da Pedreira

Placa Tipo III - Freguesia de Santa Maria Maior

Placa Tipo III – Freguesia de Santa Maria Maior

A recuperação urbanística do Chiado em consequência do Incêndio de 25 de agosto de 1988, de acordo com o plano traçado por Siza Vieira, permitiu o nascimento de um novo arruamento neste tecido urbano, de ligação entre a Rua Nova do Almada e a Rua do Crucifixo, que o Edital municipal de 12/04/1995 denominou Escadinhas do Santo Espírito da Pedreira.

Estas escadinhas que foram abertas entre a Rua Nova do Almada e a Rua do Crucifixo e que ladeiam uma parte do edifício dos contemporâneos Armazéns do Chiado, recuperam o topónimo antigo de Santo Espírito da Pedreira,   documentado pelo menos desde 1551 por Cristóvão Rodrigues de Oliveira, nas seculares freguesias de São Nicolau e Nossa Senhora dos Mártires.

O topónimo faz referência ao antigo convento que existiu no local, da Irmandade do Santo Espírito da Pedreira, fundado em data anterior a 1279, por D. Antão e Dona Sancha. Possuía uma ermida e um hospital sendo que o espaço conventual se situava na confluência da que é hoje a Rua Garrett com a Rua Nova do Almada, e a entrada do Hospital na Rua do Carmo. À Irmandade da Casa do Espírito Santo, de nobres e mercadores ricos, provavelmente de origem judaica, juntou-se em 1445 a Confraria dos Mercadores. A igreja tinha o altar-mor da invocação ao Espírito Santo e o nome Pedreira tem origem na grande rocha que caía sobre o vale a que chamamos Baixa.

Em 1514 as instalações estavam em estado de abandono  e  durante o séc. XVII sofreram várias obras de reconstrução tendo D. João III em 1671 feito delas doação aos Oratorianos. Com o terramoto de 1755, o convento ficou em ruínas e a comunidade de religiosos foi transferida provisoriamente para o Convento das Necessidades. Após a reconstrução do convento concluída em 1792, os Oratorianos voltaram em 1833 e até 1834, após o que o edifício teve outros usos como sede da 1ª Companhia da Guarda Municipal e Repartição de Saúde, morada do Barão de Barcelinhos e de vários hotéis como o Hotel Universal, bem como de diversas lojas e associações, sendo a partir de 1894 os Grandes Armazéns do Chiado.

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

Anúncios

2 thoughts on “As Escadinhas do Santo Espírito da Pedreira

  1. Pingback: O Beco da Pedreira da Caneja | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Lisboa das Escadinhas, Escadas e Escadaria | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s