As Escadinhas do Santo Espírito da Pedreira

Placa Tipo III - Freguesia de Santa Maria Maior

Placa Tipo III – Freguesia de Santa Maria Maior

A recuperação urbanística do Chiado em consequência do Incêndio de 25 de agosto de 1988, de acordo com o plano traçado por Siza Vieira, permitiu o nascimento de um novo arruamento neste tecido urbano, de ligação entre a Rua Nova do Almada e a Rua do Crucifixo, que o Edital municipal de 12/04/1995 denominou Escadinhas do Santo Espírito da Pedreira.

Estas escadinhas que foram abertas entre a Rua Nova do Almada e a Rua do Crucifixo e que ladeiam uma parte do edifício dos contemporâneos Armazéns do Chiado, recuperam o topónimo antigo de Santo Espírito da Pedreira,   documentado pelo menos desde 1551 por Cristóvão Rodrigues de Oliveira, nas seculares freguesias de São Nicolau e Nossa Senhora dos Mártires.

O topónimo faz referência ao antigo convento que existiu no local, da Irmandade do Santo Espírito da Pedreira, fundado em data anterior a 1279, por D. Antão e Dona Sancha. Possuía uma ermida e um hospital sendo que o espaço conventual se situava na confluência da que é hoje a Rua Garrett com a Rua Nova do Almada, e a entrada do Hospital na Rua do Carmo. À Irmandade da Casa do Espírito Santo, de nobres e mercadores ricos, provavelmente de origem judaica, juntou-se em 1445 a Confraria dos Mercadores. A igreja tinha o altar-mor da invocação ao Espírito Santo e o nome Pedreira tem origem na grande rocha que caía sobre o vale a que chamamos Baixa.

Em 1514 as instalações estavam em estado de abandono  e  durante o séc. XVII sofreram várias obras de reconstrução tendo D. João III em 1671 feito delas doação aos Oratorianos. Com o terramoto de 1755, o convento ficou em ruínas e a comunidade de religiosos foi transferida provisoriamente para o Convento das Necessidades. Após a reconstrução do convento concluída em 1792, os Oratorianos voltaram em 1833 e até 1834, após o que o edifício teve outros usos como sede da 1ª Companhia da Guarda Municipal e Repartição de Saúde, morada do Barão de Barcelinhos e de vários hotéis como o Hotel Universal, bem como de diversas lojas e associações, sendo a partir de 1894 os Grandes Armazéns do Chiado.

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

Freguesia de Santa Maria Maior

Anúncios

One thought on “As Escadinhas do Santo Espírito da Pedreira

  1. Pingback: Lisboa das Escadinhas, Escadas e Escadaria | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s