A Rua dos douradores, funileiros e latoeiros

Freguesia de Santa Maria Maior (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior
(Foto: Sérgio Dias)

Já na Lisboa de 1551   registou Cristóvão Rodrigues de Oliveira no seu Sumário a existência de 39 douradores, cujas tendas se localizavam na sua maioria na então Rua Nova dos Douradores da freguesia de São Nicolau.

Este topónimo foi recuperado como Rua dos Douradores pela Portaria régia de D. José I, de 5 de Novembro de 1760, na qual  se estabeleceu a nomenclatura dos arruamentos da Baixa lisboeta reconstruída após o terramoto, situados entre a Praça do Comércio e o Rossio (um topónimo medieval reconfirmado também no reordenamento pombalino). E para além dos douradores foi determinado nesse diploma que «N Sta Rua, que he immediata á Rua Bella da rainha [hoje Rua da Prata], cortando ao nascente della, se destribuirá para os sobreditos Douradores; para os Batefolhas; e para os Latoeiros de Lima; ficando livres as logens, que nella sobejarem para tendas, Tavernas, e outros similhantes Misteres.» Douradores eram os artífices que revestiam a folha de ouro os livros, os quadros e outras peças, assim como os Bate-Folhas e os Latoeiros de Lima eram funileiros, sendo os últimos os que eram especialistas em trabalhar a folha de Flandres.

Como curiosidades refira-se que nesta artéria residiu Antero de Quental no 4º andar do nº 135,  no ano de 1872; Eça de Queirós aqui situou  a novela Alves & Cª; Fernando Pessoa almoçava frequentemente, em 1913, no restaurante de galegos Antiga Casa Pessoa, bem como no seu Livro do Desassossego colocou o seu heterónimo Bernardo Soares, ajudante de guarda-livros, a trabalhar e morar nesta rua sublinhando que «Se eu tivesse o mundo na mão, trocava-o, estou certo, por um bilhete para a Rua dos Douradores».

Freguesia de Santa Maria Maior (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior
(Planta: Sérgio Dias)

 

Anúncios

3 thoughts on “A Rua dos douradores, funileiros e latoeiros

  1. Pingback: Comércio e comerciantes na toponímia de Lisboa no mês de maio | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: A Rua dos Sapateiros do «Animatógrafo do Rocio» | Toponímia de Lisboa

  3. Pingback: Santa Justa, ora Travessa ora Rua | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s