António Stromp, duas vezes rua de Lisboa

Freguesia do Lumiar (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia do Lumiar
(Foto: Sérgio Dias)

António Stromp, sportinguista que foi um dos primeiros atletas olímpicos portugueses, começou por dar o seu nome a uma rua no Campo Grande, logo quatro anos após o seu falecimento, em 1925, mas após uma remodelação da zona teve de esperar até 1958 para voltar a estar presente na toponímia lisboeta.

A  partir de uma proposta do vereador Alfredo Guisado, a Câmara Municipal de Lisboa deliberou em 15/02/1925 atribuir o nome de António Stromp à Rua do topo norte do Campo Grande, já que a sede do Sporting Clube de Portugal aqui se situava nessa época e na cerimónia de inauguração, no dia 13 de junho de 1926 (dia de aniversário do homenageado), foi o seu irmão Mário Stromp que descerrou as placas toponímicas do arruamento. Entretanto, esta rua foi integrada no Campo Grande, e como tal a Comissão Municipal de Toponímia, na sua reunião de 16/05/1958, resolveu que «tendo em vista que o nome do falecido desportista desapareceu da Toponímia em virtude da rua que o consagrava ter sido englobada no Campo Grande; e considerando que o referido desportista foi também um dos mais categorizados membros do Sporting Clube de Portugal, emitiu parecer de que o novo arruamento de acesso a este clube na Alameda das Linhas de Torres, se denomine: Rua António Stromp» e assim se procedeu em conformidade através da publicação do Edital municipal de 02/06/1958.

antónio strompAntónio Stromp (Lisboa/13.06.1894 – 06.07.1921/Lisboa) contava apenas 15 anos quando em 1909 alinhou na 1ª equipa de futebol do Sporting, ocupando a posição de extremo, preferencialmente à direita, e da 1ª vez na história do Clube que a sua equipa se sagrou Campeã de Lisboa, na época de 1914/15, António Stromp jogava nela.  Jogou entre 1909 e 1916/17 e nessas épocas foi também escolhido para todas as seleções de futebol organizadas em Lisboa.

António Stromp foi também velocista do Sporting e foi nessa qualidade que participou nos Jogos Olímpicos de Estocolmo de 1912, integrando a comitiva portuguesa com Francisco Lázaro, António Pereira, Armando Cortesão,  Fernando Correia e Joaquim Vital, e acabando por ser ele o primeiro atleta português a entrar em competição na história dos Jogos Olímpicos, no dia 6 de julho, conseguindo alcançar dois 3ºs lugares nas séries em que participou, dos 100m e 200m, e simultaneamente tornou-se o 1º atleta olímpico do Sporting Clube de Portugal. António Stromp foi ainda o campeão nacional de 100 metros nos anos de 1911, 1912 e 1913 e de 200 metros em 1912, bem como o Campeão de Portugal de salto à vara (1910) para além de ter praticado ténis, críquete e esgrima.

O seu irmão Francisco Stromp, igualmente desportista, também dá nome a uma artéria próxima do Estádio do Sporting.

Freguesia do Lumiar (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia do Lumiar
(Planta: Sérgio Dias)

 

Advertisements

One thought on “António Stromp, duas vezes rua de Lisboa

  1. Pingback: A junção das Ruas Oriental e Ocidental do Campo Grande ocorreu há um século | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s