A Rua do campeão mundial de bilhar Alfredo Ferraz

Freguesia de Carnide (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de Carnide
(Foto: Sérgio Dias)

Alfredo Ferraz, o 1º português que foi Campeão Mundial de Bilhar, viu o seu nome ser o topónimo escolhido para o Impasse B1 do Bairro da Horta Nova, através do Edital municipal de 12/04/1995, documento que também colocou o jornalista desportivo Carlos Pinhão na toponímia de Lisboa.

A sugestão partiu de uma carta de Eduardo António da Costa Soares endereçada à Comissão Municipal de Toponímia, tendo esta escolhido colocá-lo no Bairro da Horta Nova, junto a outros desportistas aí presentes em Ruas como Sidónio Serpa (hoquista), Herculano Pimentel (esgrimista) e Vítor Santos (chefe de redação de A Bola).

alfredo Ferraz

Alfredo Ferraz (Madeira-Madalena do Mar/08.11.1901 – 16.09.1960/Lisboa) foi uma figura primordial do bilhar e foi com ele que Portugal arrecadou pela primeira vez na história um título mundial desportivo. Alfredo Ferraz evidenciava paixão pelo bilhar e uma brilhante técnica que lhe granjearam sucesso nacional e internacional, tendo sido durante anos consecutivos  o Campeão de Portugal e em 1956, recebeu a Medalha de Mérito Desportivo, tendo sido o primeiro Comendador desta Ordem.

O bilhar de competição nasceu em Portugal em 1930, com a criação da Federação Portuguesa dos Amadores de Bilhar , no Porto, e só em 1936 apareceu  a Associação Portuguesa de Bilhar, em Lisboa. Antes disso, Alfredo Ferraz disputava competições internacionais inscrito pela Federação de Espanha. Foi medalha de prata no campeonato Mundial de 1934 e em 1939, conquistou em Lausanne o título mundial de bilhar livre.

Alfredo Ferraz fixara-se em Lisboa para estudar no Instituto Superior Técnico mas, dois anos após a chegada à capital, a paixão pelo bilhar levou-o a desistir do curso para se dedicar por inteiro à modalidade e o seu talento cativava nos Bilhares do Rossio, na Praça D. Pedro IV. Em 1944, adquiriu mesmo uma quota na Sociedade Bilhares do Rossio, e através desse local Alfredo Ferraz fez escola e fomentou a modalidade de Bilhar.

Este bilharista também colaborou no jornal Os Sports e na revista Stadium, como orientador de assuntos de bilhar.

Freguesia de Carnide (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Carnide
(Planta: Sérgio Dias)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s