Património Comum do Desporto na Toponímia de Lisboa: Educação Física e Ginástica, Hóquei em Patins e Patinagem

Estátua de homenagem a Luís Monteiro na Avenida da Liberdade, em 1932 (Foto: Ferreira da Cunha, Arquivo Municipal de Lisboa)

Estátua de homenagem a Luís Monteiro na Avenida da Liberdade, em 1932
(Foto: Ferreira da Cunha, Arquivo Municipal de Lisboa)

Em Portugal, a Ginástica começou a ser praticada na segunda metade do século XIX, a partir da criação do Real Ginásio Clube Português em 1875,  e muita graças à iniciativa de Luís Monteiro que pugnou o desenvolvimento da modalidade no nosso país. Em 1905 a Educação Física oficial já estava regulamentada e, 14 anos depois nasceu o Lisboa Ginásio Clube focado nesta área desportiva.

Na toponímia de Lisboa encontramos

  • Rua Luís Monteiro (Edital de 19/06/1926), o introdutor da Ginástica e da Educação Física em Portugal e o 1º português a exercer a profissão de professor de educação física no nosso país, cabendo-lhe também o lugar de ser o 2º desportista a integrar as placas toponímicas alfacinhas, depois de Francisco Lázaro;
  • Rua Robalo Gouveia (Edital de 07/09/1987), ginasta licenciado em Educação Física pelo INEF, que foi professor em vários liceus lisboetas e elemento da 1ª equipa nacional de ginástica aplicada que participou no Jogos Olímpicos,  em Helsínquia no ano de 1952.

Sobre rodas, as modalidades de hóquei em patins e patinagem também registam na toponímia de Lisboa figuras que ficaram na memória de todos:

  • a Rua Xavier de Araújo (Edital de 29/12/1989), o professor de patinagem de várias gerações de lisboetas no ringue do Jardim Zoológico e no Jardim do Campo Grande que também iniciou a patinagem artística e, que a partir de 1922 foi crucial na introdução do rugby em Portugal;
  • a Rua António Livramento (Edital de 07/05/2001 ), o ídolo do Hóquei em Patins nacional nas décadas de sessenta e setenta do séc. XX, quer pela equipa das águias quer pela leonina, bem como pela Seleção Nacional da qual também foi treinador nos anos 80 e assim marcou de forma determinante a época áurea do hóquei em Portugal;
  • a Rua Olivério Serpa (Edital de 08/07/1986), o mais velho dos irmãos Serpa, atleta de sempre do Clube Futebol Benfica (o Fofó),  internacional de 1936 a 1949, ter contribuído para dar a Portugal as suas primeiras vitórias nos campeonatos da Europa(1948 e 1950) e do Mundo (1947 e 1949);
  • a Rua Sidónio Serpa (Edital de 29/09/1997), o mais novo dos irmãos Serpa, que integrou a Seleção Nacional de Hóquei em Patins desde os 16 anos e até foi o seu capitão nos anos de 1950 e de 1951, somando 75 internacionalizações entre 1937 e 1951.

0 António Livramento

 

NOTA:  Quase todos os topónimos relacionados com desporto em Lisboa estão já publicados neste blogue e pode consultá-los descendo até ao fundo do mesmo, e na zona azul, encontrar as «Categorias» e aí clicar em Desporto e Desportistas na Toponímia de Lisboa, para aceder a todas as publicações.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s