A Rua dos três Condes e dos três Cinemas

O cinema Olympia depois de 1910 (Foto: Joshua Benoliel, Arquivo Municipal de Lisboa)

O cinema Olympia depois de 1910, na Rua dos Condes
(Foto: Joshua Benoliel, Arquivo Municipal de Lisboa)

Os Condes de Castelo Melhor, da Ericeira e de Povolide, cujos palácios se erguiam nesta zona, justificaram a aplicação do topónimo Rua dos Condes ainda antes do Terramoto de 1755 a esta artéria que no século XX passou a ser a morada de 3 cinemas: o Condes, o Odeon e o Olympia.

O cinema Condes nos anos 50 do séc. XX (Foto: Salvador de Almeida Fernandes, Arquivo Municipal de Lisboa)

O cinema Condes nos anos 50 do séc. XX
(Foto: Salvador de Almeida Fernandes, Arquivo Municipal de Lisboa)

O primeiro cinema da Rua dos Condes foi o Olympia que abriu portas em  22 de abril de 1911. Nas proximidades já ali existia um Teatro, embora não o primitivo de 1765 que foi demolido em 1882 mas o novo erguido em 1888 por iniciativa de Francisco de Almeida Grandela. Em 1915, o edifício foi adquirido pela Castello Lopes Filmes que em 1920 abriu o cinema Condes, demolido na década de 50 para dar lugar a um novo Condes que fechou como cinema em 1997. Finalmente, no dia 21 de setembro de 1927 foi inaugurado o Odeon, que em 1931 foi modernizado firmando-se como um exemplar de Art Deco.

A Rua dos Condes  já surge referida nos registos paroquiais da freguesia de São José anteriores ao Terramoto de 1755. No entanto, sobre a origem do topónimo os olisipógrafos divergem. De acordo com Gomes de Brito, tal topónimo é a evocação do 2º e do 3º condes da Ericeira, respetivamente D. Fernando (27.11.1614 – 22.06.1699) e D. Luís de Menezes (22.07.1632 – 26.05.1690), ambos militares e historiadores que ali moraram no palácio dos Condes da Ericeira, construído em 1539. Já Norberto de Araújo, cuja opinião partilhamos,  sugere que o topónimo radica nos diversos palácios de vários condes existentes naquela zona, afirmando: «Neste quarteirão ocupado por vários prédios, entre a Rua dos Condes e a Travessa de Santo Antão, é que se erguia, até 1755, o Palácio primitivo dos Condes de Castelo Melhor. No chão do quarteirão seguinte até à Anunciada, levantava-se o Palácio dos Condes da Ericeira, também destruído e incendiado por ocasião do terramoto. E na Rua das Portas de Santo Antão, onde está o Ateneu Comercial, ficava o Palácio dos Condes de Povolide. Deriva destas circunstâncias o dar-se o nome de Rua dos Condes à serventia que intersetava estas propriedades».

O cinema Odeon em 1960 (Foto: Arnaldo Madureira, Arquivo Municipal de Lisboa)

O cinema Odeon em 1960, na Rua dos Condes
(Foto: Arnaldo Madureira, Arquivo Municipal de Lisboa)

Freguesia de Santo António (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Santo António
(Planta: Sérgio Dias)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s