Praça D. Pedro IV, antes D. Pedro e ainda antes Rossio

Em 1925 (Foto: Manuel Tavares, Arquivo Municipal de Lisboa)

A Praça de Dom Pedro em 1925
(Foto: Manuel Tavares, Arquivo Municipal de Lisboa)

Aquela artéria lisboeta que no presente todos conhecemos vulgarmente por Rossio já no séc. XIX se denominava Praça do Rossio, e há pouco mais de 180 anos, por decreto governamental de 31/10/1836, passou a designar-se Praça de Dom Pedro, a qual foi alterada pelo Edital municipal de 26 de março de 1971 para Praça Dom Pedro IV.

A reunião da Comissão Municipal de Toponímia de 19 de março de 1971 é esclarecedora ao pronunciar-se «sobre a forma como devem ser escritos os letreiros toponímicos»,  sendo do parecer «Que a nomenclatura da Praça de D. Pedro seja alterada para: Praça de D. Pedro IV», pelo simples motivo de «Já que assim consta dos letreiros ali afixados há longo tempo e ainda porque dessa forma melhor se identifica a figura histórica homenageada».

(Foto: Rui Mendes)

(Foto: Rui Mendes)

O homenageado é D. Pedro I do Brasil e IV de Portugal, que recebeu os cognomes de O Libertador e Rei Soldado, de seu nome completo Pedro de Alcântara Francisco António João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Serafim de Bragança e Bourbon (Palácio de Queluz/12.10.1798 – 14.09.1834/Queluz), filho de D. João VI e da sua esposa, D. Carlota Joaquina. Tendo a coroa portuguesa fugido das invasões francesas residiu no Brasil entre 1807 e 1831. Por força da Revolução Liberal de 1820 no Porto os seus pais regressaram a Portugal e foi nomeado regente em 1821. No ano seguinte, declarou a independência do Brasil, face ao domínio português. Assim, foi D. Pedro I, o primeiro imperador do Brasil, no período de 7 de setembro de 1822 (O grito do Ipiranga) a 7 de abril de 1831, ano em que abdicou para assumir a coroa portuguesa, como D. Pedro IV, em defesa dos direitos da sua filha, D. Maria da Glória, que virá a ser a rainha D. Maria II (Rio de Janeiro/04.04.1819 – 15.11.1853/Lisboa), e que significativamente dá nome ao Teatro instalado na Praça D. Pedro IV, tendo este aberto as suas portas em 13 de abril de 1846, durante as comemorações do 27.º aniversário da rainha D. Maria II .

Como D. Pedro IV aparece entre os topónimos de Felgueiras,  Queluz e Valongo, enquanto como D. Pedro I surge no Brasil na Baía, em Goiânia, Minas Gerais, Paraíba ou Rio de Janeiro.

Freguesia de Santa Maria Maior (Planta: Sérgio Dias)

Freguesia de Santa Maria Maior
(Planta: Sérgio Dias)

 

 

Advertisements

One thought on “Praça D. Pedro IV, antes D. Pedro e ainda antes Rossio

  1. Pingback: A Rua do político liberal Rodrigo da Fonseca | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s