A oficialização da Praça da Embaixada de Espanha

Freguesias de Campolide , São Domingos de Benfica e Avenidas Novas (Foto: Sérgio Dias)

A Praça de Espanha foi oficializada pelo Edital municipal de 29 de janeiro de 1979, gravando a memória que o povo de Lisboa tinha deste espaço, associando-a à Embaixada de Espanha que aí permaneceu de 1919 a 1939, e a partir daí passou a ser a residência do embaixador espanhol, no Palácio de Palhavã.

A história dos residentes no Palácio de Palhavã mostra a antiga ligação (a partiu da 2ª metade do séc. XVIII) do mesmo a Espanha. Em 1660, o 2º Conde de Serzedas, Luís Lobo da Silveira, mandou construir um palácio na estrada que ligava o sítio da Pedra ao sítio de Sete Rios, especificamente nos terrenos de um cavaleiro conhecido como de Palhavã, e assim nasceu o Palácio de Palhavã.

Este Palácio passou para os Condes da Ericeira e Marqueses do Louriçal a partir de 1747, que o arrendaram a D. João V para morada dos seus três filhos que por isso ficaram conhecidos como Os Meninos de Palhavã. Depois, entre 1765 e 1769, foi a residência do Marquês de Almodóvar, o Embaixador de Espanha. No início do séc. XIX os terrenos do Palácio foram danificados  pelos franceses que lá montaram acampamento aquando das Invasões mas em 1861, foi adquirido pelo 3º conde de Azambuja ou dos Lumiares, que restaurou o Palácio de acordo com um plano do arqº Possidónio da Silva. Em 1918, os Azambujas resolveram leiloá-lo e acabou arrematado pelo Governo de Espanha, representado por Alejandro de Padilla, então Ministro Plenipotenciário que nele instalou a Embaixada do seu país e assim permaneceu até 1939, quando passou a ser em definitivo a residência do embaixador espanhol e a Embaixada foi transferida para o Palácio Mayer, na Rua do Salitre.

Freguesias de Campolide, São Domingos de Benfica e Avenidas Novas            (Planta: Sérgio Dias)

 

 

 

Advertisements

One thought on “A oficialização da Praça da Embaixada de Espanha

  1. Pingback: Quatro médicos militares na toponímia de Lisboa em 1970 | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s