A Praça das Indústrias e a Praça dos Congressos em Alcântara

Praça das Indústrias – Freguesia de Alcântara

No espaço fronteiro do Centro de Congressos dos dias de hoje está desde 1961 a Praça das Indústrias, já que esses edifícios foram a FIL-Feira Industrial de Lisboa, construída em 1957, de acordo com o projeto dos arquitetos F. Keil do Amaral, Alberto José Pessoa e Hernâni Gandra, uma obra promovida pela AIP – Associação Industrial Portuguesa.

O topónimo Praça das Indústrias foi atribuído pela Câmara Municipal de Lisboa através do Edital municipal nº 109/61, de 16 de junho de 1961, à «praça em frente ao Pavilhão das Indústrias» como regista o Edital.

Entretanto, a Feira Internacional de Lisboa (FIL) mudou-se para terrenos do Parque das Nações em 1999, para ocupar um maior superfície, num total de 100.000 m2 ou seja, o equivalente a 11 campos de futebol.

O espaço da Junqueira foi remodelado e ampliado passando a ser o Centro de Congressos de Lisboa  e assim, o espaço público nas traseiras desse Centro de Congressos, na  confluência da Avenida da Índia com a Rua da Junqueira, passou a ser a Praça dos Congressos, em resultado da deliberação de câmara de 11 de abril de 2007 e Edital municipal de 3 de maio do mesmo ano.

Foi deste modo que a edilidade lisboeta correspondeu favoravelmente a uma solicitação da Associação Parque Junqueira, associação sem fins lucrativos composta pela própria Câmara Municipal de Lisboa e a AIP – Associação Industrial Portuguesa, proprietária do Centro de Congressos de Lisboa.

Freguesia de Alcântara (Planta: Sérgio Dias| NT do DPC)

#EuropeForCulture

Anúncios

3 thoughts on “A Praça das Indústrias e a Praça dos Congressos em Alcântara

  1. Pingback: A Rua do Engº Carlos Alves da Cometna e da AIP | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: A Rua Francisco Cortês Pinto, do Laboratório Sanitas e da AIP | Toponímia de Lisboa

  3. Pingback: Património industrial na toponímia de Lisboa | Toponímia de Lisboa

Os comentários estão fechados.