A republicana Avenida de Berna da Fundação Gulbenkian

1º Edital de Toponímia após a implantação da República em Portugal

1º Edital de Toponímia após a implantação da República em Portugal

A Avenida de Berna, que hoje identificamos pela presença da Igreja de Nª Srª de Fátima, a Fundação Gulbenkian ou a Universidade Nova de Lisboa,  enquanto topónimo nasceu como Rua Martinho Guimarães, dada pelo Edital municipal de 20/08/1897, para enaltecer o vereador José Martinho da Silva Guimarães, nos mandatos de 1892 a 1901, um dos edis que pugnou junto do Governo para conseguir o empréstimo que viabilizou o arranque das obras das Avenidas Novas.

Freguesia das Avenidas Novas
(Planta: Sérgio Dias| NT do DPC)

Todavia, treze anos depois, com a  implantação da República em Portugal, logo o primeiro Edital municipal após o 5 de outubro de 1910, datado de 5 de novembro de 1910, passou a denominar esta artéria como Rua de Berne. Nesta época, Berna era a capital da Suíça desde 1848 (pela constituição federal desse ano) e, como tal, era a capital de um país que, junto com a França e Portugal, eram as únicas Repúblicas na Europa daquele tempo. Refira-se ainda que no ano seguinte, por Edital de 7 de agosto de 1911, esta Rua de Berne viu a sua categoria mudada para Avenida, tanto mais que o arruamento foi crescendo em extensão ao longo do século XX.

Este primeiro Edital de toponímia da edilidade lisboeta após a implantação da República no país procurou fixar na memória da cidade esse acontecimento, quer através da Avenida da República e da Avenida Cinco de Outubro, quer através dos nomes dos chefes militar e civil republicanos – Cândido dos Reis e Miguel Bombarda -, também em Avenidas. Ressalta também que é logo neste primeiro edital que, além da Rua/Avenida de Berna, são dados mais 2 topónimos que referenciam outra república da época:  a Praça do Brasil e a Praça do Rio de Janeiro.

Finalmente, refira-se que o historiador Lúcio de Azevedo – consagrado na toponímia lisboeta pelo Edital de 14/05/1979  – viveu e faleceu no n.º 9 da Avenida de Berna.

A Avenida de Berna em 1964
(Foto: Artur João Goulart, Arquivo Municipal de Lisboa)

One thought on “A republicana Avenida de Berna da Fundação Gulbenkian

  1. Pingback: A Rua do arquiteto dos 5 Prémios Valmor e 2 Menções Honrosas, Norte Júnior | Toponímia de Lisboa

Os comentários estão fechados.