A Rua da Bica da Guarda pessoal do Marquês de Pombal, dada em 1918

Freguesia da Ajuda
(Foto: Google Maps editada pelo NT do DPC)

Na presidência de José Carlos da Maia na edilidade lisboeta, nasceu numa artéria da Ajuda a Rua da Bica do Marquês sobre a Rua Alegre, com a publicação do Edital municipal de 8 de fevereiro de 1918, que assim fixou na toponímia lisboeta a proximidade de uma bica de água ao quartel da Companhia da Guarda do Marquês de Pombal.

Este arruamento era só denominado como Rua da Bica até o Edital municipal de 26 de setembro de 1916 preferir antes designá-la como Rua Alegre. Contudo, este nome não vingou porque passados menos de dois anos, a Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Lisboa, presidida por Carlos da Maia, voltou a mudar-lhe o nome, retomando a antiga denominação de Rua da Bica, através do Edital de 1918 acima referido, mas transformando esta artéria que une a Rua de Dom Vasco à  Calçada da Ajuda na memória mais explicativa de Rua da Bica do Marquês.

Freguesia da Ajuda
(Planta: Sérgio Dias| NT do DPC)

Saliente-se que foi no quarteirão que termina com o prédio da antiga Farmácia Mendes Gomes que existiu o Pátio da Guarda, um conjunto de casebres dispostos em forma de U, que era o quartel da Companhia da Guarda do Marquês de Pombal, uma guarda de proteção pessoal do Conde de Oeiras (título de 1759) e Marquês de Pombal (título de 1769). Onde hoje são instalações da Junta de Freguesia da Ajuda – Calçada da Ajuda nº 236 – eram as antigas cavalarias da Companhia da Guarda do Marquês. O Pátio da Guarda também foi denominado Pátio do Bonfim, por nele ter vivido o Conde de Bonfim.

One thought on “A Rua da Bica da Guarda pessoal do Marquês de Pombal, dada em 1918

  1. A road in Ajuda called Rua da Bica do Marquês has, since the promulgation of the city council’s Notice of the 8th of February 1918, recorded in the toponymy of Lisbon the proximity of a water outlet to the barracks for the Marquês de Pombal’s Guards.

    This street was called simply Rua da Bica until a city council Notice of the 26th of September 1916 made it into Rua Alegre instead. However, this name did not last because, after less than two years, Lisbon City Council changed the name again, with the Notice of the 8th of February 1918, transforming this road, which links Rua de Dom Vasco and Calçada da Ajuda, into the more specific commemoration: Rua da Bica do Marquês.

    The Guards’ Courtyard was in the block that finishes at the Farmácia Mendes Gomes. It was a set of huts layed out in a U-shape, which was the barracks for the Marquês de Pombal’s Company of Guards, the personal protection of the Conde de Oeiras (as he was titled in 1759) and Marquês de Pombal (as he was titled in 1769). The present day Junta de Freguesia da Ajuda [at Calçada da Ajuda nº 236] is where the old stables were for the Marquês de Pombal’s Company of Guards. The Guards’ Courtyard was called alternatively the Bonfim Courtyard, because the Conde de Bonfim lived there.

    Gostar

Os comentários estão fechados.