Então são dois copinhos de vinho branco com Teresa Gomes

O Domingo Ilustrado, 19.09.1926

O Domingo Ilustrado, 19.09.1926

Teresa Gomes, uma atriz que desenvolveu a sua veia cómica no teatro de revista e no cinema, como recordamos na sua cena de O Pai Tirano em que na falta de pastéis ela pedia dois copinhos de vinho branco, dá também o seu nome a uma artéria da Freguesia de São Domingos de Benfica, que era a Rua Projectada à Rua António Nobre, desde a publicação do Edital de 25/10/1971.

Teresa Gomes em O Pai Tirano

Teresa Gomes em O Pai Tirano

Teresa Gomes (Lisboa/ 26.11.1882 – 12.11.1962/Lisboa) começou em 1911 como corista na revista A Musa dos Estudantes, no Teatro da Trindade, onde permaneceu 8 anos e a partir daí desempenhou já papéis de importância, de figuras emblemáticas alfacinhas, destacando-se a revelação da sua veia cómica na primeira revista que fez como actriz,  Pé de Meia, em 1919, ou a sua interpretação do papel de comadre Zefa  na peça Dois Garotos.

Para além da revista à portuguesa, Teresa Gomes experimentou o teatro declamado, a opereta, a ópera cómica e o género dramático, tendo trabalhado na Companhia de José Ricardo, na Companhia Amélia Rey Colaço-Robles Monteiro e no Maria Vitória.

O seu talento ficou ainda impresso em filmes como Lisboa, Crónica Anedótica (1931), A Canção de Lisboa (1933), O Pai Tirano (1941), Fátima Terra de Fé (1943), Os Vizinhos do Rés-do-Chão (1947), bem como em atuações na Emissora Nacional e em postos particulares de rádio.

Foi casada com o também ator Álvaro de Almeida que foi quem lhe despertou também a paixão pelo teatro e que  faleceu em 1945.

Em 6 de outubro de 1959 foi homenageada no Coliseu dos Recreios, tendo o elenco do Teatro Maria Vitória revivido a revista Encosta a Cabecinha e Chora e nesse mesmo ano foi agraciada com a Ordem de Santiago da Espada.

Freguesia de São Domingos de Benfica (Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de São Domingos de Benfica
(Foto: Sérgio Dias)

Freguesia de São Domingos de Benfica

Freguesia de São Domingos de Benfica

Anúncios

2 thoughts on “Então são dois copinhos de vinho branco com Teresa Gomes

  1. Pingback: O Dia Mundial do Teatro pelas ruas de Lisboa | Toponímia de Lisboa

  2. Pingback: Novembro: As Ruas dos Cinemas de Lisboa – a partir de amanhã | Toponímia de Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s